Corregedor enaltece comprometimento de juízes e servidores da Justiça Eleitoral

.

Desembargador José Joaquim Figueiredo dos Anjos - Reunião do dia 17.7.2020

O corregedor regional eleitoral, desembargador Joaquim Figueiredo, realizou nesta sexta-feira, dia 17 de julho, por videoconferência, reunião com todos os juízes e chefes de cartórios das 105 zonas eleitorais do estado para tratar dos preparativos e planejamento das eleições de 2020.

Também participaram os 27 gerentes de processos de eleição, os secretários de Administração e Finanças, de Tecnologia da Informação, Judiciário e de Gestão de Pessoas, além de assessores da Corregedoria.

O desembargador Joaquim Figueiredo destacou a importância de cada um dos temas tratados na reunião, enaltecendo o comprometimento dos envolvidos que, apesar da dificuldade e preocupação de todo pleito, esse, em especial, por causa da pandemia, será mais desafiador. "É exatamente em cima dessa adversidade que eu acho que nós tenhamos maior denodo, esforço e comprometimento, já demonstrado pelos senhores”. Finalizou dizendo que tanto a Corregedoria como a Presidência estão à disposição.

Quem ainda teve voz durante a reunião foi o juiz José Gonçalo Filho, membro da Corte que é presidente da Comissão de Acessibilidade e ouvidor eleitoral, que elencou as ações que estão sendo desenvolvidas por ele à frente das duas unidades.

Com relação à acessibilidade, as ações estão alinhadas ao programa instituído pelo TSE. Informou ainda que, em parceria com a Escola Judiciária e a Secretaria de Gestão de Pessoas, a Comissão promoverá, via plataforma EaD, curso de 20 horas acerca do tema.

Gonçalo solicitou também o empenho dos juízes e chefes para que façam gestão junto aos prefeitos no sentido de adaptarem os prédios de suas responsabilidades. “Inclusive, já conversei com o presidente da FAMEM, que se mostrou receptivo em ajudar”. Adiantou, por fim, que em breve a Ouvidoria lançará mais um canal de atendimento: o Ouvizap, cujo número é (98)2107-8880.

Tanto os juízes como os chefes de cartório receberam a pauta da reunião com antecedência para que pudessem formular perguntas, caso tivessem dúvidas. Entre os temas abordados, destacam-se:

Juntas especiais e Segurança

As juntas eleitorais especiais - aquelas que funcionam fora da sede da zona eleitoral, serão instaladas em 31 municípios para dar mais rapidez e agilidade nos resultados da apuração. Com relação à força federal, 124 municípios pediram intervenção, porém os pedidos ainda serão julgados pela Corte.

Mesários e Biometria

O corregedor comunicou aos participantes a parceria feita entre o TSE e Federação Brasileira de Bancos (Febraban), da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e da Ambev que se comprometeram a doar máscaras e álcool em gel ou líquido a todos os Regionais. Com relação a biometria, o magistrado atentou que este ano só terá 2 cargos em disputa, portanto, a eleição deverá ocorrer de forma rápida e, como será excluída a necessidade de identificação biométrica, o processo de votação será mais célere, evitando aglomerações.