9 de abril de 2013 - 19h00
Mais informações sobre o conteúdo Impressão
Recolhendo as digitais de uma pessoa com o aparelho de biometria.
Crédito: TRE-MS

Biometria em São Luís: esforços do TRE têm dado resultado

O andamento dos trabalhos de recadastramento eleitoral biométrico no Fórum de São Luís foi verificado na tarde desta terça-feira, 9 de abril, pelos desembargadores José Bernardo Silva Rodrigues e José de Ribamar Froz Sobrinho, respectivamente presidente e vice-presidente/corregedor do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão.

A juíza Joseane Bezerra, diretora do Fórum, e o juiz auxiliar Raimundo Nonato Neris Ferreira (Corregedoria) acompanharam a visita. A magistrada detalhou como está sendo realizado o atendimento dos eleitores que estão indo até o local seja agendando dia e hora ou não.

“Os nossos esforços estão dando resultado. Já somamos 35 mil atendimentos. A cada dia percebemos que o número de eleitores procurando a Justiça Eleitoral para o recadastro é maior e estamos preparados para recebê-los”, observou Bernardo Rodrigues.

Uma grande estrutura foi montada tanto no Fórum Eleitoral assim como nos Vivas Cidadão, Shopping São Luís e CSU Cohab para realização do recadastro dos mais de 600 mil eleitores da capital através da biometria.

Lançada em 4 de março, a implantação da biometria em São Luís tem prazo para encerrar: 19 de dezembro. O eleitor que não fizer o recadastro eleitoral terá o título cancelado, o que impede a solicitação de passaporte ou CPF, bem como inscrever-se em concurso público, renovar a matrícula em estabelecimentos oficiais de ensino e obter empréstimos em caixas econômicas federais e estaduais.

Agendamento

Acessando o site do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (www.tre-ma.jus.br) ou ligando para o Disque Eleitor (0800 098 5000), o eleitor ludovicense pode agendar o dia e horário em que quer fazer seu recadastro biométrico.

Para o agendamento, o eleitor tem que informar o número de sua inscrição eleitoral ou nome completo, confirmar os dados e comparecer no dia e hora marcados (com antecedência de 30 minutos).

O eleitor deve ainda comparecer no local escolhido com a cópia e original de documento de identidade e de comprovante de residência (conta de água, luz, telefone, correspondência oficial).

Os homens nascidos até 31/12/1995 - que irão tirar título pela 1ª vez, são obrigados a apresentar também cópia e original do comprovante de quitação militar.

Se for eleitor de outro município e quiser transferir o título para São Luís, ele deve comprovar que reside na capital há mais de 3 meses (comprovante de no máximo 1 ano).

O não comparecimento no dia e horário marcado acarretará no cancelamento do agendamento, o que implica em marcação de um novo.