Audios

Pasta com audios do portal
2019-09-30-mulherespolítica
O presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR), desembargador Gilberto Ferreira, e o diretor-executivo da Escola Judiciária Eleitoral (EJE-PR) e juiz membro da Corte, doutor Carlos Alberto Costa Ritzmann, realizam nesta quinta-feira (03), às 16h, no auditório do TRE-PR (Rua João Parolin, 224, Prado Velho, Curitiba), o lançamento do “Mulheres na Política: Construindo Candidaturas”.
66% dos eleitores de Mirassol D’Oeste podem ter seus títulos eleitorais cancelados
O atendimento aos eleitores está sendo realizado de segunda a sexta-feira, das 07h30 às 13h30, no Cartório da 18ª Zona Eleitoral A Justiça Eleitoral convoca os eleitores de Mirassol D’Oeste para participarem da revisão do eleitorado com cadastramento biométrico. Dos 19,5 mil eleitores do município, apenas 33% atenderam ao chamado e foram ao Cartório Eleitoral atualizar seus dados. Ao todo, 12,9 mil eleitores de Mirassol podem ser seus títulos cancelados pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT) caso não façam a biometria até 29 de março. O atendimento aos eleitores está sendo realizado de segunda a sexta-feira, das 07h30 às 13h30, no Cartório da 18ª Zona Eleitoral. Para fazer a revisão, o cidadão deve apresentar, obrigatoriamente, um documento oficial de identidade (RG, CNH, carteira de trabalho, carteira profissional, dentre outros definidos em lei), e comprovante de residência (conta de luz, água, telefone, boleto de IPTU, contrato de aluguel, dentre outros definidos pelo Juiz Eleitoral). No caso de homens com mais de 18 anos e que irão requerer a primeira via do título (alistamento), é necessário também, apresentar o comprovante de quitação com o serviço militar. A revisão em Mirassol D’Oeste teve início no dia 03 de dezembro de 2018 e se estenderá até o dia 29 de março deste ano. A Justiça Eleitoral orienta os eleitores que não deixem para buscar atendimento nos últimos dias, evitando filas e eventuais transtornos. O eleitor com o título cancelado não poderá: se inscrever em concurso ou prova para cargo ou função pública, investir-se ou empossar-se neles; obter passaporte ou carteira de identidade; renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo; e participar de concorrência pública ou administrativa da União, dos estados, dos territórios, do Distrito Federal ou dos municípios, ou das respectivas autarquias. O TRE-MT já cadastrou 1,16 milhão de eleitores de Mato Grosso, o que representa 54% do eleitorado do Estado. Neste momento, 26 municípios matogrossense estão em processo de revisão do eleitorado com cadastramento biométrico, sendo que todos encerram este trabalho no dia 29 de março. Com o término deste trabalho, a expectativa do TRE é atingir o percentual de 75% de eleitores cadastrados no Estado.
66% dos eleitores de Mirassol D’Oeste podem ter seus títulos eleitorais cancelados
A Justiça Eleitoral convoca os eleitores de Mirassol D’Oeste para participarem da revisão do eleitorado com cadastramento biométrico. Dos 19,5 mil eleitores do município, apenas 33% atenderam ao chamado e foram ao Cartório Eleitoral atualizar seus dados. Ao todo, 12,9 mil eleitores de Mirassol podem ser seus títulos cancelados pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT) caso não façam a biometria até 29 de março. O atendimento aos eleitores está sendo realizado de segunda a sexta-feira, das 07h30 às 13h30, no Cartório da 18ª Zona Eleitoral. Para fazer a revisão, o cidadão deve apresentar, obrigatoriamente, um documento oficial de identidade (RG, CNH, carteira de trabalho, carteira profissional, dentre outros definidos em lei), e comprovante de residência (conta de luz, água, telefone, boleto de IPTU, contrato de aluguel, dentre outros definidos pelo Juiz Eleitoral). No caso de homens com mais de 18 anos e que irão requerer a primeira via do título (alistamento), é necessário também, apresentar o comprovante de quitação com o serviço militar. A revisão em Mirassol D’Oeste teve início no dia 03 de dezembro de 2018 e se estenderá até o dia 29 de março deste ano. A Justiça Eleitoral orienta os eleitores que não deixem para buscar atendimento nos últimos dias, evitando filas e eventuais transtornos. O eleitor com o título cancelado não poderá: se inscrever em concurso ou prova para cargo ou função pública, investir-se ou empossar-se neles; obter passaporte ou carteira de identidade; renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo; e participar de concorrência pública ou administrativa da União, dos estados, dos territórios, do Distrito Federal ou dos municípios, ou das respectivas autarquias. O TRE-MT já cadastrou 1,16 milhão de eleitores de Mato Grosso, o que representa 54% do eleitorado do Estado. Neste momento, 26 municípios matogrossense estão em processo de revisão do eleitorado com cadastramento biométrico, sendo que todos encerram este trabalho no dia 29 de março. Com o término deste trabalho, a expectativa do TRE é atingir o percentual de 75% de eleitores cadastrados no Estado.
85% dos eleitores de São José dos Quatro Marcos não fizeram a biometria; cadastramento é obrigatório
O eleitor que não comparecer terá o título cancelado e não poderá obter a certidão de quitação eleitoral Acontece em São José dos Quatro Marcos a revisão do eleitorado com cadastro biométrico. Dos 14.357 eleitores cadastrados no município, apenas 2.194 fizeram a coleta biométrica, o que corresponde a 15,28%. 85% (12.163) do eleitorado ainda não atendeu à convocação da Justiça Eleitoral. Eles têm até 29 de março para procurar o cartório eleitoral, no entanto, apesar de faltar algumas semanas para o encerramento da revisão, o ideal é que o eleitor faça o cadastramento biométrico com antecedência. Em São José dos Quatro Marcos o atendimento ao eleitor acontece na sede do cartório da 52ª Zona Eleitoral, situada na Avenida Doutor Guilherme Pinto Cardoso, n. 1189, Centro. O espaço está aberto ao público de segunda a sexta-feira, nos dias úteis, das 07h às 17h. O eleitor que não comparecer terá o título cancelado e não poderá obter a certidão de quitação eleitoral. Esse documento é necessário para o exercício de vários direitos civis, entre eles: inscrever-se em concurso ou prova para cargo ou função pública, investir-se ou empossar-se neles; obter passaporte ou carteira de identidade; renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo; e participar de concorrência pública ou administrativa da União, dos Estados, dos territórios, do Distrito Federal ou dos Municípios, ou das respectivas autarquias. Para fazer a revisão, o cidadão deve apresentar obrigatoriamente: documento oficial de identidade (RG, CNH, Carteira de Trabalho, Carteira Profissional, dentre outros definidos em lei), e comprovante de residência (conta de luz, água, telefone, boleto de IPTU, contrato de aluguel, dentre outros definidos pelo Juiz Eleitoral). No caso de homens com mais de 18 anos que irão requerer a primeira via do título (alistamento) é necessário também apresentar o comprovante de quitação com o serviço militar.
92% dos eleitores de Poxoréu ainda não fizeram a revisão biométrica; comparecimento é obrigatório
A Justiça Eleitoral convoca os eleitores de Poxoréu para participarem da revisão dos dados cadastrais com coleta biométrica, cujo comparecimento é obrigatório. Até esta segunda-feira (14), apenas 8,8% dos eleitores do município atenderam à convocação. Ao todo, o município possui 13,2 mil eleitores, sendo que 12 mil ainda não buscaram o atendimento na Justiça Eleitoral. “Solicitamos aos eleitores que busquem o atendimento imediatamente. Podemos atender três eleitores simultaneamente, então é importante aproveitar este momento em que não existem filas e o atendimento acontece de forma rápida. No atual fluxo, infelizmente, teremos grandes filas no final de fevereiro e março, quando o prazo da revisão chega ao fim”, destacou o chefe de cartório da 47ª Zona Eleitoral, Genilson Ramos. O atendimento ao eleitor acontece na sede do cartório – instalado dentro do Fórum de Poxoréu, de segunda a sexta-feira, das 08 horas às 17 horas. Segundo Genilson, uma parceria foi firmada com a Prefeitura para ampliar a convocação dos eleitores por meio de carro de som, que deve circular na cidade nos próximos dias. O eleitor com o título cancelado não poderá: se inscrever em concurso ou prova para cargo ou função pública, investir-se ou empossar-se neles; obter passaporte ou carteira de identidade; renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo; e participar de concorrência pública ou administrativa da União, dos estados, dos territórios, do Distrito Federal ou dos municípios, ou das respectivas autarquias. O TRE-MT já cadastrou 1,16 milhões de eleitores de Mato Grosso, o que representa 54% do eleitorado do Estado. Neste momento, 26 municípios mato-grossenses estão em processo de revisão do eleitorado com cadastramento biométrico, sendo que todos encerram o procedimento no dia 29 de março. Com o término da revisão nos 26 municípios, a expectativa do TRE é atingir o percentual de 75% de eleitores cadastrados biometricamente no Estado.
Água Boa: Atendimento da revisão biométrica é realizado na Câmara de Vereadores
O município de Água Boa possui 17,9 mil eleitores ativos no cadastro eleitoral. Deste total, 11 mil já fizeram a biometria Atenção eleitores de Água Boa, a revisão biométrica está sendo realizada na Câmara Municipal de Vereadores. Com objetivo de oferecer mais conforto a população, o atendimento segue sendo realizado das 07 horas às 19 horas nos dias de semana, e das 08 horas às 18 horas no sábado. Atualmente aproximadamente 350 pessoas tem buscado a Justiça Eleitoral no município para fazer o cadastro biométrico, sendo que a capacidade de atendimento é de 420 eleitores ao dia. “Transferimos o atendimento do Cartório Eleitoral para a Câmara de Vereadores para conseguir atender a demanda da população. Desde o início pedimos que não deixassem para última hora, que evitassem filas e transtornos, porém, muitos ainda não compareceram. Estamos trabalhando muito para atender a todos”, destacou o chefe de cartório da 30ª Zona Eleitoral, Wyllem Guimarães da Silva. O município de Água Boa possui 17,9 mil eleitores ativos no cadastro eleitoral. Deste total, 11 mil já fizeram a biometria. Restando dez dias para o fim da revisão do eleitorado, 38% dos eleitores estão sujeitas ao cancelamento do título eleitoral. A revisão será encerrada no dia 29 de março. O eleitor que não fizer o cadastramento biométrico terá o título cancelado e não poderá obter a certidão de quitação eleitoral. Esse documento é necessário para o exercício de vários direitos civis, entre eles: inscrever-se em concurso ou prova para cargo ou função pública, investir-se ou empossar-se neles; obter passaporte ou carteira de identidade; renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo; e participar de concorrência pública ou administrativa da União, dos Estados, dos territórios, do Distrito Federal ou dos Municípios, ou das respectivas autarquias. Documentos Para fazer a revisão, o cidadão deve apresentar obrigatoriamente: documento oficial de identidade (RG, CNH, Carteira de Trabalho, Carteira Profissional, dentre outros definidos em lei), e comprovante de residência (conta de luz, água, telefone, boleto de IPTU, contrato de aluguel, dentre outros definidos pelo Juiz Eleitoral). No caso de homens com mais de 18 anos que irão requerer a primeira via do título (alistamento) é necessário também apresentar o comprovante de quitação com o serviço militar. A revisão do eleitorado com coleta biométrica está acontecendo em 26 municípios de Mato Grosso. Matéria Daniel Dino
Ampla divulgação faz crescer em 1.000% o número de eleitores atendidos por dia em Nova Xavantina
Ao todo, Nova Xavantina possui 15 mil eleitores registrados no cadastro eleitoral. O atendimento está sendo realizado na sede do Cartório Eleitoral, que fica na Avenida Couto Magalhães, Centro, das 07h30 às 13h30 O número de eleitores atendidos diariamente no município de Nova Xavantina cresceu em 1.000% nos últimos 30 dias. No mês de dezembro, em média, 10 eleitores eram atendidos por dia. Esse quantitativo subiu para 100 neste mês de janeiro. O município é um dos 26 mato-grossenses que atualmente passa pela revisão de seu eleitorado com cadastramento biométrico. Mesmo com o expressivo aumento de atendimento, apenas 5% dos eleitores participaram da revisão. “Em dezembro, quando iniciou a revisão biométrica em Nova Xavantina, percebemos que a população não estava consciente da importância de atender ao chamado da Justiça Eleitoral, na segurança que a biometria traz para eleição e lisura do pleito e principalmente, dos prejuízos que o cancelamento do título eleitoral implica ao cidadão. Iniciamos uma ampla campanha de divulgação da revisão, fomos as televisões, rádios, a imprensa em geral. Todo esse trabalho trouxe resultados e a população está atendendo à convocação. Vamos continuar com esse trabalho de conscientização”, destacou o chefe de cartório da 26ª Zona Eleitoral, Eliton Dias Padilha. O trabalho de revisão realizado no município é coordenado pela juíza eleitoral, Luciene Kelly Marciano Roos. Ela é a titular 26ª Zona Eleitoral, que responde ainda pelos municípios de Campinápolis e Novo São Joaquim, que deverão iniciar a revisão biométrica ainda neste ano de 2019. Ao todo, Nova Xavantina possui 15 mil eleitores registrados no cadastro eleitoral. O atendimento está sendo realizado na sede do Cartório Eleitoral, que fica na Avenida Couto Magalhães, Centro, das 07h30 às 13h30. Para realizar a revisão é necessário apresentar um documento oficial de identificação (RG, CNH, carteira de trabalho, carteira profissional, dentre outros definidos em lei), e comprovante de residência (conta de luz, água, telefone, boleto de IPTU, contrato de aluguel, dentre outros definidos pelo Juiz Eleitoral). No caso de homens com mais de 18 anos e que irão requerer a primeira via do título (alistamento), é necessário também, apresentar o comprovante de quitação com o serviço militar. O prazo final da revisão é o dia 29 de março e quem não comparecer terá o seu título eleitoral cancelado. Este eleitor não poderá: se inscrever em concurso ou prova para cargo ou função pública, investir-se ou empossar-se neles; obter passaporte ou carteira de identidade; renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo; e participar de concorrência pública ou administrativa da União, dos estados, dos territórios, do Distrito Federal ou dos municípios, ou das respectivas autarquias.
Apenas 7% do eleitorado de Cláudia fez a biometria
A revisão do eleitorado com coleta biométrica está acontecendo em 26 municípios de Mato Grosso Apenas 7% do eleitorado de Cláudia, o que corresponde a 569 eleitores, fez o cadastramento biométrico até esta segunda-feira (28/01). Ao todo, 7.184 eleitores ainda não procuraram o cartório eleitoral para fazer a revisão de seus dados com coleta biométrica. O comparecimento para revisão é obrigatório e quem não atender à convocação terá o título cancelado. A revisão do eleitorado com coleta biométrica está acontecendo em 26 municípios de Mato Grosso. Em todos eles, o procedimento será finalizado no dia 29 de março. “Faltam, apenas, nove semanas para o fim da revisão. Se todos deixarem para comparecer ao cartório eleitoral nas últimas semanas será impossível atender a todos. Por isso, pedimos aos eleitores que compareçam no cartório o quanto antes para que receba um atendimento com agilidade e comodidade”, destacou o chefe de cartório da 32ª Zona Eleitoral, Valdiney Rondon Maidana Gomes. A revisão em Cláudia acontece na sede do cartório, situada na Avenida Marechal Candido Rondon, n. 1715, Centro. O horário de atendimento é das 07h30 às 13h30, de segunda a sexta-feira, em dias úteis. Para fazer a revisão, o cidadão deve apresentar obrigatoriamente: documento oficial de identidade (RG, CNH, Carteira de Trabalho, Carteira Profissional, dentre outros definidos em lei), e comprovante de residência (conta de luz, água, telefone, boleto de IPTU, contrato de aluguel, dentre outros definidos pelo Juiz Eleitoral). No caso de homens com mais de 18 anos que irão requerer a primeira via do título (alistamento) é necessário também apresentar o comprovante de quitação com o serviço militar. Eleitor que tiver a inscrição eleitoral cancelada não poderá obter a certidão de quitação eleitoral. Esse documento é necessário para o exercício de vários direitos civis, entre eles: inscrever-se em concurso ou prova para cargo ou função pública, investir-se ou empossar-se neles; obter passaporte ou carteira de identidade; renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo; e participar de concorrência pública ou administrativa da União, dos Estados, dos territórios, do Distrito Federal ou dos Municípios, ou das respectivas autarquias.
Apenas 7% do eleitorado de Cláudia fez a biometria
A revisão do eleitorado com coleta biométrica está acontecendo em 26 municípios de Mato Grosso Apenas 7% do eleitorado de Cláudia, o que corresponde a 569 eleitores, fez o cadastramento biométrico até esta segunda-feira (28/01). Ao todo, 7.184 eleitores ainda não procuraram o cartório eleitoral para fazer a revisão de seus dados com coleta biométrica. O comparecimento para revisão é obrigatório e quem não atender à convocação terá o título cancelado. A revisão do eleitorado com coleta biométrica está acontecendo em 26 municípios de Mato Grosso. Em todos eles, o procedimento será finalizado no dia 29 de março. “Faltam, apenas, nove semanas para o fim da revisão. Se todos deixarem para comparecer ao cartório eleitoral nas últimas semanas será impossível atender a todos. Por isso, pedimos aos eleitores que compareçam no cartório o quanto antes para que receba um atendimento com agilidade e comodidade”, destacou o chefe de cartório da 32ª Zona Eleitoral, Valdiney Rondon Maidana Gomes. A revisão em Cláudia acontece na sede do cartório, situada na Avenida Marechal Candido Rondon, n. 1715, Centro. O horário de atendimento é das 07h30 às 13h30, de segunda a sexta-feira, em dias úteis. Para fazer a revisão, o cidadão deve apresentar obrigatoriamente: documento oficial de identidade (RG, CNH, Carteira de Trabalho, Carteira Profissional, dentre outros definidos em lei), e comprovante de residência (conta de luz, água, telefone, boleto de IPTU, contrato de aluguel, dentre outros definidos pelo Juiz Eleitoral). No caso de homens com mais de 18 anos que irão requerer a primeira via do título (alistamento) é necessário também apresentar o comprovante de quitação com o serviço militar. Eleitor que tiver a inscrição eleitoral cancelada não poderá obter a certidão de quitação eleitoral. Esse documento é necessário para o exercício de vários direitos civis, entre eles: inscrever-se em concurso ou prova para cargo ou função pública, investir-se ou empossar-se neles; obter passaporte ou carteira de identidade; renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo; e participar de concorrência pública ou administrativa da União, dos Estados, dos territórios, do Distrito Federal ou dos Municípios, ou das respectivas autarquias. Jornalista: Andrea Martins
Atendimento Eleitoral no Ganha Tempo será mantido durante recesso forense
O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT) informa que manterá o atendimento aos eleitores durante o recesso forense nas unidades Ganha Tempo, localizadas na região Central (praça Ipiranga) e no bairro CPA I. Nos dias 20, 21, 26, 27 e 28 de dezembro de 2018, e nos dias 2, 3 e 4 de janeiro de 2019, o atendimento nas unidades será realizado normalmente das 08 horas às 18 horas. Nos mesmos dias citados, a Presidência do TRE-MT, unidades de assessoria, e demais unidades do Tribunal funcionarão no regime de plantão. Sobre o atendimento realizado nos Cartórios Eleitorais, os mesmos serão interrompidos durante o recesso, ou seja, do dia 20 de dezembro ao dia 06 de janeiro de 2019.
Áudio da 66ª SESSÃO ORDINÁRIA, DE 09/09/2019 .
Áudio da 66ª SESSÃO ORDINÁRIA, DE 09/09/2019 .
Áudio da 68ª SESSÃO ORDINÁRIA, DE 16/09/2019.
Áudio da 68ª SESSÃO ORDINÁRIA, DE 16/09/2019 .
Áudio da 69ª SESSÃO ORDINÁRIA, DE 18/09/2019.
Áudio da 69ª SESSÃO ORDINÁRIA, DE 18/09/2019.
Áudio da coletiva sobre o resultado final do Plebiscito no Pará
Áudio da coletiva sobre o resultado final do Plebiscito no Pará
Áudio da Sessão do dia 26.08.2019
Áudio da Sessão do dia 26.08.2019
Cadastramento Biométrico Belém - Locais de Atendimento
Informações sobre o Cadastramento Biométrico em Belém e seus Locais de Atendimento.
Cadastramento Biométrico Belém - Mensagem da Desembargadora Presidente
Mensagem Desembargadora Presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Pará, sobre o Cadastramento Biométrico em Belém.
Campanha Biometria 2019
Áudio da campanha da biometria 2019
Cartório de Diamantino irá ampliar atendimento para cadastro biométrico
O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT) irá ampliar seu horário de atendimento no município de Diamantino. A partir do dia 3 de dezembro, o Cartório Eleitoral irá realizar o cadastro biométrico das 07 horas às 19 horas. O prazo final para o eleitor do município se cadastrar biometricamente é 29 de março. Até o momento, 3,1 mil eleitores atualizaram seus dados, o que representa 20% do total.
Cartório eleitoral de Colíder amplia horário de atendimento; a partir de segunda (04/02) será das 7h30 às 17h30
Em Colíder o atendimento acontece na sede do cartório da 23ª Zona Eleitoral, situada na Rua Tapirapés, n. 165, setor leste, Centro. O atendimento acontece de segunda a sexta-feira, em dias úteis. A Justiça Eleitoral realiza em Colíder a revisão do eleitorado com cadastro biométrico, cujo comparecimento é obrigatório. Dos 23.385 eleitores cadastrados no município, 20.173 ainda não atenderam à convocação. Para ampliar o número de atendimento diário, o cartório eleitoral terá seu horário de funcionamento ampliado a partir de segunda-feira (04/02), de 07h30 às 13h30 para 07h30 às 17h00. Em Colíder o atendimento acontece na sede do cartório da 23ª Zona Eleitoral, situada na Rua Tapirapés, n. 165, setor leste, Centro. O atendimento acontece de segunda a sexta-feira, em dias úteis. Para fazer a revisão, o cidadão deve apresentar obrigatoriamente: documento oficial de identidade (RG, CNH, Carteira de Trabalho, Carteira Profissional, dentre outros definidos em lei), e comprovante de residência (conta de luz, água, telefone, boleto de IPTU, contrato de aluguel, dentre outros definidos pelo Juiz Eleitoral). No caso de homens com mais de 18 anos que irão requerer a primeira via do título (alistamento) é necessário também apresentar o comprovante de quitação com o serviço militar. A revisão do eleitorado com coleta biométrica está acontecendo em 26 municípios de Mato Grosso. Em todos eles, o procedimento será finalizado no dia 29 de março. O eleitor desses municípios que não fizer o cadastramento biométrico terá o terá o título cancelado e não poderá obter a certidão de quitação eleitoral. Esse documento é necessário para o exercício de vários direitos civis, entre eles: inscrever-se em concurso ou prova para cargo ou função pública, investir-se ou empossar-se neles; obter passaporte ou carteira de identidade; renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo; e participar de concorrência pública ou administrativa da União, dos Estados, dos territórios, do Distrito Federal ou dos Municípios, ou das respectivas autarquias. Jornalista: Andréa Martins Oliveira
Cartório eleitoral de Pedra Preta amplia horário de atendimento para atender eleitores que não fizeram a biometria
Dos 12.946 eleitores de Pedra Preta, 2.473 fizeram o cadastramento biométrico. Acontece em Pedra Preta a revisão do eleitorado com cadastro biométrico. O cartório eleitoral, que já funciona em horário ampliado, das 08h às 17h, a partir de segunda-feira (28/01), passará a atender das 08h às 19h, sem intervalo para o almoço. Com a ampliação do expediente em duas horas, o Juízo da 45ª Zona Eleitoral, que é responsável pelo município, quer beneficiar os eleitores - que por questões de logísticas só podem comparecer ao cartório no final do dia. “A Justiça Eleitoral expede ao trabalhador uma declaração de comparecimento que serve para abonar sua ausência no serviço. Mas há eleitores que só pode comparecer no cartório após as 17hs por questões pessoais. Vamos trabalhar com nossa capacidade máxima de horário para contemplar todas as situações. Estamos fazendo nossa parte. Peço ao eleitor, que ainda não fez o cadastramento biométrico, que procure o cartório eleitoral com antecedência”, destacou o chefe de cartório, Fabrício Napoleão. Pedra Preta pertence a 45ª Zona Eleitoral. A revisão no município acontece na sede do cartório, situado na Avenida Presidente Médice, n. 1.113, centro. Dos 12.946 eleitores de Pedra Preta, 2.473 fizeram o cadastramento biométrico. Para fazer a revisão, o eleitor deve apresentar um documento oficial de identidade (RG, CNH, Carteira de Trabalho, Carteira Profissional, dentre outros definidos em lei) e comprovante de residência (conta de luz, água, telefone, boleto de IPTU, contrato de aluguel, dentre outros definidos pelo Juiz Eleitoral). No caso de homens com mais de 18 anos que irão requerer a primeira via do título (alistamento) é necessário também apresentar o comprovante de quitação com o serviço militar. A revisão em Pedra Preta vai até o dia 29 de março. O eleitor desse município que não realizar o cadastramento terá o título cancelado e ficará impedido de obter a certidão de quitação eleitoral. Este documento é necessário para o exercício de diversos direitos civis, entre eles: tirar passaporte, tomar posse em cargo público, realizar inscrição em instituições de ensino superior e celebrar contratos com a administração pública.
TSE - centro de divulgação do TSE oferece matérias de todo o país para agências, rádios e tvs
centro de divulgação do TSE oferece matérias de todo o país para agências, Rádios e TVs
Coletiva sobre o resultado final do Plebiscito do Pará
Coletiva sobre o resultado final do Plebiscito do Pará - 15 minutos
Comunicado de convocação aos cidadãos de Araputanga - MT
Cadastramento Biométrico em Araputanga - Mato Grosso O TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE MATO GROSSO CONVOCA OS ELEITORES DE ARAPUTANGA PARA EFETUAREM O CADASTRAMENTO BIOMÉTRICO O ATENDIMENTO AO ELEITOR ACONTECE DE SEGUNDA A SEXTA FEIRA NA SEDE DO CARTÓRIO, LOCALIZADA NA RUA CARLOS LUZ, NÚMERO 306 BAIRRO CENTRO O HORÁRIO DE ATENDIMENTO É 09H00 ÀS 17H00. PRAZO FINAL É DIA 29 DE MARÇO DE 2019. PARA FAZER A REVISÃO, O CIDADÃO DEVE APRESENTAR UM DOCUMENTO COM FOTO E COMPROVANTE DE RESIDÊNCIA ATUAL. ATENÇÃO NO CASO DOS HOMENS MAIORES DE 18 ANOS QUE VÃO SOLICITAR A PRIMEIRA VIA DO TÍTULO ELEITORAL É NECESSÁRIO APRESENTAR O COMPROVANTE DE QUITAÇÃO COM O SERVIÇO MILITAR QUEM TIVER O TÍTULO CANCELADO NÃO PODERÁ SE INSCREVER EM CONCURSOS PÚBLICOS, RETIRAR PASSAPORTE; REALIZAR MATRÍCULA EM ESCOLAS, INSTITUTOS E UNIVERSIDADES PÚBLICAS E TAMBÉM FICARÁ IMPEDIDO DE PARTICIPAR DE LICITAÇÕES PÚBLICAS.
Concurso de remoção TRE-PE 18/12/2015 - Caso de desistência do servidor Romero Silveira
Concurso de remoção TRE-PE 18/12/2015 - Caso de desistência do servidor Romero Silveira
Concurso de remoção TRE-PE 18/12/2015 - Secretário Marco Capella esclarece regras
Concurso de remoção TRE-PE 18/12/2015 - Secretário Marco Capella esclarece regras
Conheça o aplicativo Soberano Popular
VOCÊ SABIA QUE AGORA TEM UM JEITO FÁCIL PARA PROPOR LEIS? ATRAVÉS DO APLICATIVO SOBERANO POPULAR, OS CIDADÃOS PODEM PROPOR LEIS E VOTAR SOBRE OUTROS PROJETOS DE INICIATIVA POPULAR. PARA QUE SUA PROPOSTA ENTRE NO APLICATIVO, BASTA APRESENTAR O PROJETO NO TRE-MT, ORGÃO QUE ATUALIZA O APLICATIVO SOBERANO ASSIM A SOCIEDADE PODERÁ VOTAR. AINDA É POSSÍVEL ACOMPANHAR O PLACAR DE VOTOS, QUE MOSTRA O NÚMERO DE VOTOS A FAVOR E CONTRA A PROPOSTA DE LEI. A MUDANÇA ESTÁ NA PALMA DA MÃO, DE FORMA RÁPIDA, SIMPLES E TOTALMENTE GRATUITA. BAIXE O APLICATIVO NA PLAY STORE E SEJA UM CIDADÃO ATUANTE NA SOCIEDADE. SAIBA MAIS EM WWW.TRE-MT.JUS.BR JUSTIÇA ELEITORAL CONECTADA COM VOCÊ!
Convite a Sociedade mato grossense para diplomação dos eleitos 2018
O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso convida a sociedade mato-grossense para participar da cerimônia de diplomação dos eleitos 2018. O evento será realizado nesta segunda-feira (17 de dezembro) às 19 horas, no auditório do SENAI. O cidadão interessado em participar deve se inscrever no site Institucional do Tribunal (www.tre-mt.jus.br). No final de página principal está disponível um banner do evento. As vagas são limitadas. Na cerimônia serão diplomados o governador eleito, Mauro Mendes, e seu vice, Otaviano Pivetta; os dois eleitos para o cargo de senador; oito para o cargo de deputado federal; e 24 eleitos para deputado estadual. Os suplentes dos eleitos poderão obter o diploma por meio do sistema Diploma Net, a partir do dia 18 de dezembro. Por meio da diplomação, a Justiça Eleitoral atesta que aqueles candidatos estão aptos a tomar posse nos cargos para os quais foram eleitos.
Corregedoria Eleitoral estimula a adoção do título digital em substituição ao impresso; medida visa economia
A Corregedoria Regional Eleitoral de Mato Grosso adotou medidas para estimular a adoção do título digital – disponível no Aplicativo e-título, em substituição ao impresso. A medida visa economia de recursos humanos, financeiros e ambientais. A utilização do e-título só é possível para o eleitor que fez o cadastramento biométrico. Entre as medidas adotadas pela CRE para estimular a adoção do título digital foi a expedição da Orientação nº 06/2018. Neste documento, a Corregedoria recomenda aos Juízos Eleitorais que, durante o atendimento aos eleitores, os mesmos sejam informados sobre a possiblidade e benefícios da utilização do e-título A Orientação expedida pela Corregedoria também contempla o eleitor que não cadastrou os dados biométricos, bem como o eleitor que não possui equipamento para baixar o Aplicativo e-título, que está disponível para os aparelhos de celular e tablets que utilizam os sistemas operacionais iOS (iPhone) e Android. Esses eleitores devem ser orientados a dispensar a versão impressa e quando necessário, consultar os dados eleitorais nos sítios eletrônicos do Tribunal Superior Eleitoral (www.tse.jus.br) e do TRE-MT (www.tre-mt.jus.br). O corregedor regional eleitoral, desembargador Pedro Sakamoto, explica que os títulos eleitorais impressos disponíveis no estoque da Justiça Eleitoral serão utilizados em sua totalidade. “Atualmente temos 1,5 milhões de formulários pré-impressos de títulos eleitorais no depósito do Tribunal e 250 mil nas Zonas Eleitorais de todo o Estado. Esse quantitativo será destinado ao eleitor que requerer a versão impressa, mesmo após ter sido orientado dos benefícios da versão digital. Atenderemos essa solicitação enquanto houver estoque pois assegurar a utilização dos recursos materiais já disponíveis representa maior economia de recursos financeiros e ambientais, além é claro que atender ao que reza os princípios constitucionais norteadores da Administração Pública, mormente quanto à moralidade e eficiência, bem assim, os princípios da razoabilidade e proporcionalidade”.
TRE-SP - Depuracao 2015 spot radio
Regularização - eleitor faltoso
Diálogos Da Cidadania Em Barra Do Bugres - MT
A JUSTIÇA ELEITORAL CONVIDA A SOCIEDADE DE BARRA DO BUGRES PARA PARTICIPAR DO EVENTO “DIÁLOGOS DA CIDADANIA” QUE VAI ACONTECER NO DIA 13 DE MARÇO DE 2019 ÀS SETE MEIA DA NOITE NO AUDITÓRIO DÁ UNEMAT LOCALIZADO NA RUA “A” SEM NÚMERO, BAIRRO SÃO RAIMUNDO. VENHA DIALOGAR COM O TRE MATO GROSSO SOBRE A IMPORTÂNCIA DA CIDADANIA E O EXERCÍCIO DO CONTROLE SOCIAL!
Diálogos da Cidadania em Diamantino - MT
A JUSTIÇA ELEITORAL CONVIDA A SOCIEDADE DE DIAMANTINO PARA PARTICIPAR DO EVENTO “DIÁLOGOS DA CIDADANIA”, QUE VAI ACONTECER NO DIA 11 DE ABRIL ÀS SETE E MEIA DA NOITE NO AUDITÓRIO DO CAMPUS DA UNEMAT LOCALIZADO NA RUA RUI BARBOSA NÚMERO 535 BAIRRO BELA VISTA. VENHA DIALOGAR COM TER MATO GROSSO SOBRE A IMPORTÂNCIA DA CIDADANIA E EXERCÍCIO DO CONTROLE SOCIAL!
Diamantino recebe o “Diálogos da Cidadania”
O Diálogos da Cidadania de Diamantino foi a 14ª edição do projeto
Entrega de Diploma de Honra para o Presidente Do TRE - MT Desembargador Márcio Vidal
O presidente do tribunal regional eleitoral de mato grosso desembargador Márcio Vidal, recebeu nesta sexta feira dia 23 de novembro o Diploma de Honra da Associação de Oficiais da Reserva do Exército em Mato Grosso. A cerimônia ocorreu no gabinete da presidência na sede do TRE-MT. Durante a solenidade foram conferidos os méritos por excelentes serviços prestados à sociedade mato-grossense estando como presidente desta casa na condução do processo eleitoral do ano de 2018. Sobre o Diploma de Honra Trata-se de um título concedido a alguém que obteve tal reconhecimento e distinção pela realização de algo notório, de destaque.
Exemplo de cidadania: Alto Araguaia está em revisão com biometria e 66% já atenderam à convocação
Dos 12.143 eleitores do município, aptos a participarem da revisão, 8.021 estão com os dados biométricos cadastrados Os eleitores de Alto Araguaia estão dando um exemplo de cidadania no comprometimento com o cadastramento biométrico. 66% dos eleitores do município já estão biometricamente identificados pela Justiça Eleitoral. Em Alto Araguaia acontece a revisão do eleitorado com biometria e a procura pelo atendimento é considerada positiva pela Justiça Eleitoral. Dos 12.143 eleitores do município, aptos a participarem da revisão, 8.021 estão com os dados biométricos cadastrados. A revisão termina no dia 29 de março e, mesmo diante do cenário positivo, o servidor da 08ª ZE, Divino Alexandre de Souza, alerta aos 4.122 eleitores faltantes que não deixem para procurar atendimento nas últimas semanas. “O quantitativo de eleitores atendidos diariamente está ótimo, mas temos capacidade para atender ainda mais. Por isso, fazemos um apelo a todo eleitor que ainda não fez a coleta biométrica. Procure a Justiça Eleitoral com antecedência e evite enfrentar filas nos últimos dias”. Para fazer a revisão com cadastro biométrico o eleitor deve procurar o cartório eleitoral situado na Rua João II, n. 849, Atlântico, que está aberto ao público das 07h30 às 13h30. É necessário apresentar um documento oficial de identificação (RG, CNH, carteira de trabalho, carteira profissional, dentre outros definidos em lei), e comprovante de residência (conta de luz, água, telefone, boleto de IPTU, contrato de aluguel, dentre outros definidos pelo Juiz Eleitoral). No caso de homens com mais de 18 anos e que irão requerer a primeira via do título (alistamento), é necessário também, apresentar o comprovante de quitação com o serviço militar. Após o dia 29 de março, a revisão será homologada pela Justiça Eleitoral e serão cancelados os títulos dos eleitorais de todos os eleitores que não fizeram a biometria. O eleitor com o título cancelado não poderá: se inscrever em concurso ou prova para cargo ou função pública, investir-se ou empossar-se neles; obter passaporte ou carteira de identidade; renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo; e participar de concorrência pública ou administrativa da União, dos estados, dos territórios, do Distrito Federal ou dos municípios, ou das respectivas autarquias.
TRE-BA Giro de Notícias: Realização de concurso público
-Sistema de recebimentos de informações partidárias passa por atualização -TRE-BA Forma comissão para realização de concurso público
Giro de Notícias- TRE-BA forma comissão para realização de concurso público
*TRE-BA forma comissão para realização de concurso público *Desembargador Jatahy Júnior é empossado membro efetivo do TRE-BA
Justiça Eleitoral convoca eleitores de Tangará da Serra para revisão biométrica
48 mil eleitores de Tangará da Serra poderão ter seus títulos eleitorais cancelados. O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT) iniciou a revisão biométrica no município no dia 03 de dezembro de 2018, e, pelo levantamento realizado nesta quinta-feira (10), apenas 27% dos eleitores fizeram a biometria. O prazo final da revisão é 29 de março. Em Tangará da Serra o atendimento ao eleitor acontece na sede do Cartório da 19ª Zona Eleitoral, situada na Rua Francisco Ferreira Ramos, 53N, Centro e no Posto Eleitoral instalado na Câmara Municipal. Em ambos locais o horário de atendimento é das 07h30 às 13h30. “Estamos atendendo a população na sede do cartório e na Câmara de Vereadores. Em breve vamos inaugurar mais um posto de atendimento no Centro Cultural. Reforçamos a sociedade que participe da revisão com biometria, de forma antecipada. O eleitor que deixar para buscar atendimento nos últimos dias terá que enfrentar filas extensas”, destacou o chefe de cartório da 19ª Zona Eleitoral, Luis Gustavo Romko. Quem não comparecer ao cadastramento terá o título cancelado e não poderá se inscrever em concurso ou prova para cargo ou função pública, investir-se ou empossar-se neles; obter passaporte ou carteira de identidade; renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo; e participar de concorrência pública ou administrativa da União, dos estados, dos territórios, do Distrito Federal ou dos municípios, ou das respectivas autarquias. Para fazer a revisão, o cidadão deve apresentar, obrigatoriamente: - documento oficial de identidade (RG, CNH, Carteira de Trabalho, Carteira Profissional, dentre outros definidos em lei) - comprovante de residência (conta de luz, água, telefone, boleto de IPTU, contrato de aluguel, dentre outros definidos pelo Juiz Eleitoral) - no caso de homens com mais de 18 anos que irão requerer a primeira via do título (alistamento) é necessário também apresentar o comprovante de quitação com o serviço militar.
Justiça Eleitoral realiza Diálogo da Cidadania em Chapada dos Guimarães
O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT) realizou mais uma edição do Diálogo da Cidadania nesta segunda-feira (11.02), desta vez no município de Chapada dos Guimarães. O evento teve foco no Controle Social, foi realizado no Fórum da cidade e contou com a presença de diversas autoridades, como o presidente do TRE, desembargador Márcio Vidal, juízes, promotores, políticos e estudantes do ensino médio. A palestra principal foi ministrada pelo presidente do Conselho Regional de Contabilidade, Manoel Lourenço. Ele explicou com exemplos práticos como a sociedade pode impedir que obras sejam superfaturadas, que compras fora da realidade sejam feitas, além de mostrar onde ter acesso aos dados financeiros dos órgãos públicos. “Qualquer cidadão pode solicitar acesso às informações, basta protocolar o pedido. Se não ter resposta, deve procurar o Ministério Público, o Tribunal de Contas, os órgãos de controle. Esta iniciativa do TRE tem que ser levada a todas as escolas de segundo grau. É o momento de trazer estes jovens para a cidadania”. Para o desembargador Márcio Vidal, o evento é uma grande para que o cidadão se conscientize de seu papel na sociedade. “Existe uma carência de comunicação direta entre a Justiça e o seu cliente principal, o cidadão. Podemos contar com o apoio de outras instituições para realizar este evento e isso foi muito importante para ampliar o conteúdo apresentado”. Estudante do primeiro ano do ensino médio, Diego Fernandes, afirmou que o diálogo da cidadania lhe abriu o sonho de ser juiz um dia. “Eu gostei muito da sugestão do presidente do TRE em instituir a disciplina de direito eleitoral nas Faculdades de Direito. Certamente este conteúdo irá me ajudar a um dia ser um juiz na Justiça Eleitoral”, pontuou o aluno. Outra palestra do evento foi ministrada pelo secretário de Tecnologia da Informação do TRE-MT, Luiz Darienzo, e abordou as ferramentas tecnológicas da Justiça Eleitoral. “Mostramos duas plataformas, o caixa um, para eleições, e o sou fiscal, que visa fechar o ciclo no ano não eleitoral, permitindo a plena participação social”. O avanço da tecnologia como ferramenta de controle social foi o principal ponto apresentado durante o evento na opinião da Ludmila Luiza, 15 anos de idade. “Foi muito bom ver que existem aplicativos para fazer o controle social. Todos nós temos que contribuir, eu mesmo penso em desenvolver alguns projetos”, revelou a jovem. Este é o caminho a ser seguido na opinião do juiz eleitoral, Antônio Peleja. “O cidadão deve se atentar, estar em estado de alerta, formar entidades organizadas da sociedade civil com funções específicas de coleta de dados e fiscalização. Isso induz o aprimoramento da nossa sociedade”. Matéria Daniel Dino Assessoria TRE-MT
TSE - Ministro Ricardo Lewandowski fala da importância dos testes de segurança nas urnas eletrônicas
Ministro Ricardo Lewandowski fala da importância dos testes de segurança nas urnas eletrônicas
Momento Eleitoral- Concurso de Contos do TRE/PR
1º Concurso Nacional de Contos da Justiça Eleitoral, organizado pelo TRE-PR. Este conteúdo é produzido pela Seção de Produção Jornalística do TRE-PR e supervisionado por Melissa Medroni e Rubiane Barros Barbosa Kreuz. Participaram deste spot: Beatriz Tedesco, Bernardo Gonzalez e Thiliane Leitoles.
Momento Eleitoral - Prêmio Boas Práticas Eleitorais
Uma das três categorias da edição 2019 do Prêmio Boas Práticas vai revelar ações inovadoras nas áreas social, artística, cultural e desportiva. Este conteúdo é produzido pela Seção de Produção Jornalística do TRE-PR e supervisionado por Melissa Medroni e Rubiane Barros Barbosa Kreuz. Participaram deste spot: Beatriz Tedesco, Bernardo Gonzalez e Thiliane Leitoles.
Momento Eleitoral - Prêmio Boas Práticas Eleitorais
Uma das três categorias da edição 2019 do Prêmio Boas Práticas vai revelar ações inovadoras nas áreas social, artística, cultural e desportiva. Este conteúdo é produzido pela Seção de Produção Jornalística do TRE-PR e supervisionado por Melissa Medroni e Rubiane Barros Barbosa Kreuz. Participaram deste spot: Bernardo Gonzalez e Thiliane Leitoles.
Momento Eleitoral - Prêmio Boas Práticas Eleitorais: Boas Práticas no 1° grau
Categoria “Boas Práticas no 1° grau” é voltada para iniciativas inovadoras encampadas pelos cartórios eleitorais. Este conteúdo é produzido pela Seção de Produção Jornalística do TRE-PR e supervisionado por Melissa Medroni e Rubiane Barros Barbosa Kreuz. Participaram deste spot: Bernardo Gonzalez e Valeska.
MS Áudio da sessão Ordinária de 19-07-2016
MS Áudio da sessão Ordinária de 19-07-2016
Página de áudios
TRE-BA Podcast: Desembargador Jatahy Júnior é empossado na Corte
- Desembargador Jatahy Júnior é empossado membro efetivo do TRE-BA
Presidente do TRE recebe honraria da Associação de Oficiais da Reserva do Exército em Mato Grosso
O presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso, desembargador Márcio Vidal, recebeu o Diploma de Honra da Associação de Oficiais da Reserva do Exército em Mato Grosso, em reconhecimento aos relevantes serviços prestados à sociedade. A honraria foi entregue no gabinete da presidência do Tribunal. De acordo com o presidente da Associação, Marcos Gattass, o TRE de Mato Grosso se destacou pela maneira como conduziu as eleições e, ainda, por cumprir importante papel social, com ações voltadas para a promoção da cidadania. “Neste período que vivemos no Brasil, precisamos de homens fortes e instituições fortes. E este diploma é para retribuir ao Tribunal Regional Eleitoral, na pessoa do seu presidente, desembargador Márcio Vidal, pela excelente condução dos trabalhos nas eleições 2018, e também pelo trabalho que o desembargador vem desenvolvendo com relação ao exercício da cidadania”, disse Marcos Gattass. Oscemário Daltro, membro da Associação, também ressaltou a eficiência do TRE na condução dos trabalhos. “A Associação de Oficiais da Reserva do Exército externa nosso reconhecimento à Justiça Eleitoral, na pessoa do presidente do TRE, e também aos servidores e demais envolvidos na realização das eleições, pela organização, pelos resultados obtidos, dentro do que se espera de uma sociedade participativa e democrática”. O desembargador Márcio Vidal disse que se sente honrado com tal manifestação, mas ressaltou que o reconhecimento deverá ser estendido a todos os servidores, magistrados, mesários e demais cidadãos envolvidos no processo eleitoral. E que pretende dar continuidade, em 2019, às audiências públicas da cidadania, que já foram realizadas em oito municípios de Mato Grosso. Além dos já citados, estiveram presentes os seguintes membros da Associação de Oficiais da Reserva do Exército em Mato Grosso: Edval José da Costa, Rafael Pereira Molina, Paulo César Machado Ribeiro e Carlos Hayashida.
TSE - presidente do TSE conversa sobre as urnas biométricas com o presidente Lula
Presidente do TSE conversa sobre as urnas biométricas com o presidente Lula
TSE - presidente do TSE inaugura Centro de Divulgação e diz que primeiro critério do eleitor é a honestidade do candidato
Presidente do TSE inaugura Centro de Divulgação e diz que primeiro critério do eleitor é a honestidade do candidato
Programa Cidadania em Debate entrevista educador financeiro
Como lidar com o dinheiro? Para responder a esta pergunta, o Programa Cidadania em Debate convidou o educador financeiro, Marcelo Rubles. Em uma conversa leve e com exemplos práticos, ele apresentou uma série de ações para sair do aperto financeiro e ainda ter condições de investir, de ampliar o capital. Assista aqui ao programa produzido pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT) em parceria com a Tv Assembleia. “As pessoas muitas vezes estão condicionadas em pensar onde cortar despesa para fazer o orçamento ficar equilibrado. Isso é muito importante, porém precisamos ampliar o foco em como obter novas receitas, como ampliar nossas entradas e multiplicar o que temos”, destacou Marcelo. Questões como ter casa própria ou morar de aluguel, ter ou não carro particular, entre outros são levantados pelo educador. link do programa: http://bit.ly/2TfE3xi O programa Cidadania em Debate é apresentado pelos jornalistas do quadro do TRE-MT, Daniel Dino, e Andréa Martins. Assessoria TRE-MT
RE-MS Áudio da sessão Ordinária de 22-05-2017
RE-MS Áudio da sessão Ordinária de 22-05-2017
Revisão biométrica: Cartório Eleitoral de Pedra Preta amplia atendimento para 12 horas diárias
O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT) convoca os eleitores do município de Pedra Preta para participarem da revisão do eleitorado com cadastro biométrico. Cerca de 56% dos eleitores ainda não compareceram aos postos de atendimento e estão sujeitos ao cancelamento do título eleitoral. Ao todo, mais 7,5 mil pessoas estão nesta situação. “Nós temos feito o possível para atender a população de forma confortável, sem filas, com toda a tranquilidade necessário. Estamos com três postos de atendimento, e nesta semana ampliamos novamente nosso expediente de atendimento. Agora é possível ser atendido das 07 horas às 19 horas, são 12 horas diárias que a Justiça Eleitoral fica a disposição dos eleitores para fazerem o cadastro”, destacou o chefe de gabinete da 45ª Zona Eleitoral, Fabrício Napoleão Teixeira Batista. Veja abaixo o horário de atendimento em cada local: 1) Horário de atendimento no Cartório Eleitoral De segunda a sexta-feira, das 7:00 às 19:00 Endereço: Avenida Presidente Médici, nº 1.113, Centro, Pedra Preta/MT 2) Horário de atendimento no Posto Eleitoral instalado na Associação Comercial e Industrial de Pedra Preta - ACIPP De segunda a sexta-feira, das 7:00 às 19:00 Endereço: Rua João Candido dos Santos, nº 482, Centro, Pedra Preta/MT 3) Horário de atendimento no Posto Eleitoral instalado na Vila Garça Branca De segunda a sexta, das 8:00 às 11:00 – das 13:00 às 17:00 Endereço: Rua das Araras, s/n, BR 364 – Km 120, Pedra Preta/MT Para fazer a revisão com cadastro biométrico, o cidadão deve apresentar obrigatoriamente: documento oficial de identidade (RG, CNH, Carteira de Trabalho, Carteira Profissional, dentre outros definidos em lei), e comprovante de residência (conta de luz, água, telefone, boleto de IPTU, contrato de aluguel, dentre outros definidos pelo Juiz Eleitoral). No caso de homens com mais de 18 anos que irão requerer a primeira via do título (alistamento) é necessário também apresentar o comprovante de quitação com o serviço militar. A revisão do eleitorado com coleta biométrica está acontecendo em 26 municípios de Mato Grosso. Em todos eles, o procedimento será finalizado no dia 29 de março. O eleitor desses municípios que não fizer o cadastramento biométrico terá o terá o título cancelado e não poderá obter a certidão de quitação eleitoral. Esse documento é necessário para o exercício de vários direitos civis, entre eles: inscrever-se em concurso ou prova para cargo ou função pública, investir-se ou empossar-se neles; obter passaporte ou carteira de identidade; renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo; e participar de concorrência pública ou administrativa da União, dos Estados, dos territórios, do Distrito Federal ou dos Municípios, ou das respectivas autarquias. Matéria Daniel Dino Assessoria TRE-MT
Revisão com biometria: cartório eleitoral de Mirassol D’Oeste abrirá nos sábados – dias 16 e 23
O cartório eleitoral de Mirassol D’Oeste abrirá nos próximos dois sábados, dias 16 e 23 de março. A medida visa beneficiar os 8.583 eleitores do município que ainda não fizeram o cadastramento biométrico e que agora, terão mais um dia na semana para buscar o atendimento. Em Mirassol acontece a revisão do eleitorado com cadastro biométrico e o eleitor é obrigado a participar, sob pena de ter o título cancelado. O atendimento em Mirassol D’Oeste acontece na sede do cartório eleitoral, situado na Rua Germano Greve, n. 284, Centro. De segunda a sexta-feira, a unidade funciona das 7h às 19h. Já nos sábados, o horário de funcionamento será das 12h às 18h. Para fazer a revisão, o eleitor deve apresentar documento oficial de identificação (RG, CNH, carteira de trabalho, carteira profissional, dentre outros definidos em lei), e comprovante de residência (conta de luz, água, telefone, boleto de IPTU, contrato de aluguel, dentre outros definidos pelo Juiz Eleitoral). No caso de homens com mais de 18 anos e que irão requerer a primeira via do título (alistamento), é necessário também, apresentar o comprovante de quitação com o serviço militar. Panorama: Mirassol D’Oeste possui hoje 19.966 eleitores cadastrados e destes, 11.383 fizeram o cadastro biométrico até esta quinta-feira (14/03), o que corresponde ao percentual de 57%. Jornalista: Andréa Martins Oliveira
Revisão com biometria: é baixa a procura em Alta Floresta; em 19 dias foram apenas 718 cadastramentos
Em 19 dias, apenas 718 eleitores de Alta Floresta procuraram o cartório eleitoral para fazer a revisão com coleta de dados biométricos. “Estamos preocupados com a baixa procura. Alertamos que o comparecimento é obrigatório e quem não atender à convocação terá o título cancelado. Já o eleitor que deixar para buscar o atendimento nos últimos dias, sem dúvidas, enfrentará filas quilométricas”. O alerta é dado pelo chefe de cartório da 24ª Zona Eleitoral, Alexsander Abreu de Arruda. Em Alta Floresta, a revisão do eleitorado acontece na sede do cartório, situada na Rua das Acerolas, n. 96, Centro. O atendimento ocorre de segunda a sexta-feira, das 07h30 às 13h30. No espaço, há 08 guichês em funcionamento, o que representa uma capacidade diária de 200 atendimentos. “Veja a situação. Nossa capacidade é de atender 200 eleitores por dia e em 15 dias, fizemos apenas 258. Nossa estrutura está aqui disponível para atender o cidadão com conforto e agilidade. Mas para isso, pedimos a colaboração de todo eleitor. Estamos preparados para o aumento da demanda. Em fevereiro iremos ampliar nosso horário de funcionamento em virtude de parceria firmada com a prefeitura do município que irá ceder servidores”, ressaltou o chefe de cartório. Panorama: Alta Floresta conta hoje com 38.649 eleitores e destes, 9.645 fizeram o cadastramento biométrico. A coleta biométrica de eleitor teve início em 2015, no entanto de forma ordinária, sem cunho obrigatório. Já em 03 de dezembro de 2018, iniciou-se no município a revisão do eleitorado, cujo comparecimento é obrigatório.
Revisão do eleitorado com biometria em 26 municípios de Mato Grosso.
A Justiça Eleitoral iniciou no dia 03 de dezembro a revisão do eleitorado com biometria em 26 municípios de Mato Grosso. São eles: Água Boa, Alta Floresta, Alto Araguaia, Araputanga, Arenápolis, Barra do Bugres, Barra do Garças, Cáceres, Campo Novo do Parecis, Canarana, Cláudia, Colíder, Diamantino, Guarantã do Norte, Guiratinga, Mirassol D'oeste, Nova Xavantina, Pedra Preta, Peixoto de Azevedo, Poxoréo, São José do Rio Claro, São José dos Quatro Marcos, Sapezal, Sorriso, Tangará da Serra e Vera. O prazo final é 29 de março de 2019. Os eleitores devem levar documento oficial com foto e comprovante de residência. Para os homens é necessário levar a quitação com o serviço militar. Maiores informações procure a justiça eleitoral da sua cidade.
Sessão solene de 17.5.2018
Áudio da sessão solene
Som de Violão Exemplo de Curso de Publicação no Portal
Som de Violão Exemplo de Curso de Publicação no Portal
Spot - Metas da Justiça Eleitoral 2018
Spot - Metas da Justiça Eleitoral 2018
Spot Nacional: O bom filho a casa torna
Spot Nacional: O bom filho a casa torna
Spot Regional: Quer dar sua opinião
Spot Regional: Quer dar sua opinião
Spot Regional: Seu voto é sua opinião
Spot Regional: Seu voto é sua opinião
Spot Votação com biometria 1
Spot Votação com biometria 1
Transparência: TRE-MT é o mais transparente entre os Tribunais do Estado e o 10º do País
É o que aponta o Ranking Nacional da Transparência do Poder Judiciário, disponibilizado pelo Conselho Nacional de Justiça.
TRE-AL - Biometria - Canto em Versos
TRE-AL - Biometria - Canto em Versos
TRE-BA - Áudio da 1ª edição do programa de notícias
VI Encontro de servidores do interior do Estado e V Encontro dos juízes eleitorais
TRE-BA - Áudio da 2ª edição do programa de notícias
Propaganda eleitoral - cartilha e fiscalização
TRE-BA - Áudio da 3ª edição do programa de notícias
Impugnação de registro de candidatura - procedimentos e trâmite
TRE-BA - Áudio da 4ª edição do programa de notícias
Comemoração dos 80 anos da Justiça Eleitoral
TRE-BA - Áudio da 5ª edição do programa de notícias
Situação do Concurso Público de 2009
TRE-BA - Áudio sobre boca de urna
Áudio sobre boca de urna
TRE-BA - Áudio sobre conta bancária eleitoral
Áudio sobre conta bancária eleitoral
TRE-BA - Áudio sobre doações e gastos de campanha
Áudio sobre doações e gastos de campanha
TRE-BA - Áudio sobre fundo fixo de caixa
Áudio sobre fundo fixo de caixa
TRE-BA - Áudio sobre prestação de contas parcial e final
Áudio sobre prestação de contas parcial e final
TRE-BA - Áudio sobre propaganda móvel
Áudio sobre propaganda móvel
TRE-BA - Áudio sobre regras de propaganda eleitoral
Áudio sobre regras de propaganda eleitoral
TRE-BA - Áudio sobre voto nulo
Áudio sobre voto nulo
TRE-BA Bimoetria em Bom Jesus dos Passos
Programa da Rádio TRE-BA, podcast de notícias, nesta edição informando sobre a biometria na Ilha de Bom Jesus dos Passos.
TRE-BA Biometria e Dia do Magistrado
Informações sobre a inauguração de 2 Postos de Recadastramento Biométrico e sobre o feriado do dia 11/08, em comemoração ao Dia do Magistrado.
TRE-BA Giro biometria 07-02-17
Áudio para a Rádio Web TRE-BA sobre biometria
TRE-BA Giro de Notícias: Cancelamento de títulos
TRE-BA Giro: Cancelamento de títulos
TRE-BA Giro de notícias: 1ª Semana de Inclusão
Nesta edição do programa Giro de notícias, do TRE-BA, veiculamos informações sobre a 1ª Semana de Inclusão do regional baiano.
TRE-BA Giro de Notícias: Biometria e Sistema de prestação de contas anuais
-Biometria: eleitor pode ser atendido no TRE-BA sem necessidade de agendamento -PARTIDOS DEVERÃO EMITIR RECIBOS PELO SISTEMA DE PRESTAÇÃO DE CONTAS ANUAIS (SPCA)
TRE-BA Giro de Notícias - EC Vitória e Posto de Camaçari
Giro de Notícias: visita do Presidente ao Esporte Clube Vitória e inauguração de Posto de Atendimento Biométrico em Camaçari.
TRE-BA Giro de Notícias: Hotsite da Biometria e projeto Eleitor do futuro
- TRE-BA disponibiliza Hotsite para divulgação de informações da biometria -Vitória da Conquista: Cartórios eleitorais ampliam horário de atendimento ao eleitor - Projeto eleitor do futuro
TRE-BA Giro de Notícias: Inauguração de posto de atendimento
TRE-BA Giro de Notícias: Inauguração de posto de atendimento
TRE-BA Giro de Notícias - Parcerias com cidades do interior e 1,5 milhão de biometrizados
O programa trata dos assuntos: mais de 1,5 milhão de eleitores biometrizados em 2017, parceria do TRE com cidades do interior do estado, e posto de atendimento no MP
TRE-BA Giro de notícias: Posto Câmara de Vereadores - Simpósio Direito Eleitoral e e-Social
O programa de rádio do TRE-BA Giro de notícias traz nessa edição: 25º Posto de Recadastramento Biométrico, na Câmara de Vereadores; I Simpósio Direito Eleitoral, promovido pela EJE-Ba e palestra sobre o e-Social para órgãos públicos.
TRE-BA Giro de Notícias: Posto itinerante em Plataforma
- TRE-BA otimiza sistema de agendamento e abertura do serviço ocorrerá semanalmente - Posto itinerante atende mais de 2 mil eleitores em Plataforma
TRE-BA Giro - Fiscalização de políticos, Acordo EJE-Unicef e Biometria
Áudio para a Rádio Web TRE-BA sobre o convênio entre a EJE e o Unicef
TRE-BA - Jingle da campanha mesário voluntário 2012
Jingle da campanha mesário voluntário 2012 do TRE-BA
TRE-BA Perguntandos Didáticos: Depuração do cadastro
Faltam duas semanas para eleitor que faltou às três últimas eleições regularizar situação
TRE-BA Perguntandos Didáticos: Depuração do cadastro até 2 de maio
Faltam duas semanas para eleitor que faltou às três últimas eleições regularizar situação
TRE-BA Perguntandos Didáticos: Implicações do cancelamento de título
Biometria: eleitor que não realizar o procedimento poderá ter dificuldades para receber benefícios federais
TRE-BA Perguntandos Didáticos: Prazo da biometria
- Biometria: prazo encerra dia 31 de julho para quatro municípios baianos
TRE-BA Perguntandos Didáticos: Prazo para depuração do cadastro
O Eleitor que faltou às três últimas eleições tem até 2 de maio para regularizar situação.
TRE-BA Podcast sobre o recadastramento biométrico
Áudio para a Rádio Web TRE-BA sobre biometria.
TRE-BA Podcast Semana Internacional da Mulher
Áudio para a Rádio Web TRE-BA sobre o Dia Internacional da Mulher.
TRE-BA Podcast dia da mulher e depuração do cadastro
Áudio para a Rádio Web TRE-BA sobre a Semana Internacional da Mulher e a depuração do cadastro eleitoral.
icone mapa

Sede: Av. Senador Vitorino Freire, Areinha, São Luís - MA, CEP: 65.010-917

Fórum Eleitoral da Capital: Av. Daniel de La Touche, nº 2800, Cohama, São Luís - MA, CEP: 65.074-115 (antigo Lusitana Center, em frente ao Elevado da Cohama)

Telefone da Sede: (98)2107-8888

Fórum Eleitoral da Capital: (98)2107-8605

Icone Protocolo Administrativo

CNPJ: 05.962.421/0001-17

Ouvidoria: 0800-098-5000 (8h - 18h) / 

Icone horário de funcionamento dos <br /> protocolos

Horário de funcionamento da Secretaria: das 13h às 19h.

Horário de funcionamento do Fórum Eleitoral da Capital: das 13h às 19hs.

Horário de funcionamento das Zonas Eleitorais do Interior 🔗.

Como foi sua navegação? Como foi sua navegação?

Acesso rápido