Discurso do desembargador Lourival Serejo na abertura do I Seminário de Sustentabilidade e Redução de Custos

Ao abrir este I Seminário de Sustentabilidade e Redução de Custos na Gestão Pública, estamos marcando uma nova onda de solidariedade e compromisso com o bem comum, rompendo as barreiras da indiferença e do comodismo para prestigiar uma nova mensagem de convivência.

Desembargador Lourival Serejo, presidente do TRE-MA
Desembargador Lourival Serejo

Ao abrir este I Seminário de Sustentabilidade e Redução de Custos na Gestão Pública (realizado dia 6 de julho de 2016 na sede do TRE-MA), estamos marcando uma nova onda de solidariedade e compromisso com o bem comum, rompendo as barreiras da indiferença e do comodismo para prestigiar uma nova mensagem de convivência.

Ao traçar os rumos da logística sustentável em favor de uma gestão, estaremos assumindo uma aliança ética em favor do bem estar atual e futuro da sociedade. A ética a que nos referimos é aquela em sua dimensão maior, de cuidar do planeta,m e que consta do apelo de Sua Santidade, o papa Francisco, em sua Carta Apostólica Laudato Si:

O urgente desafio de proteger a nossa casa comum inclui a preocupação de unir toda a família humana na busca de um desenvolvimento sustentável e integral, pois sabemos que as coisas podem mudar.

Ciente desse dever, nosso tribunal teve a iniciativa de impulsionar este primeiro Seminário de Sustentabilidade e Redução de Custos na Gestão Pública, que só se tornou realidade, vale ressaltar, devido à participação de todos os órgãos aqui representados. Até o momento, aderiram à ECO LIGA: o Tribunal de Justiça do Maranhão, a Justiça Federal -1ª Região, o Tribunal Regional do Trabalho- 16ª Região e a Universidade Federal do Maranhão.

Necessário ressaltar o privilégio de poder contar com as ilustres presenças: Exmo. Senhor José Norberto Lopes Campelo, Conselheiro do Conselho Nacional de Justiça, Exma. Senhora Ketlin Feitosa de Albuquerque Lima Scartezini, assessora-chefe de Gestão Socioambiental da presidência do Superior Tribunal de Justiça e colocar o Exmo. Senhor Ganem Amidem Neto, assessor-chefe de gestão Socioambiental da Presidência do Tribunal Superior Eleitoral.

No atual contexto de restrições e contingenciamento, olhar além das atividades-fins de nossas organizações, com o objetivo de otimizar o uso dos recursos públicos, revela-se um grande desafio.

Diante disso, desejoso por atender a tantas demandas e visando garantir atos que contemplem responsabilidade ambiental, trago à baila que este TRE, além de ter publicado seu Plano de Logística Sustentável, foi um órgão pioneiro na formação de um Núcleo de Gestão Socioambiental, em conformidade com as Resoluções do TSE n° 23.474/2016 e CNJ nº 201/2015.

Além disso, vale ressaltar outra grande conquista: o financiamento, na ordem de R$350 mil reais, para o Projeto de Eficiência Energética, obtido por meio de seleção pública da CEMAR – Companhia Energética do Maranhão.

Nesse sentido, o Termo de Cooperação Técnica que assinaremos neste momento é um ato inovador, pois busca soluções conjuntas para nossos órgãos, em busca de uma Administração mais eficiente e sustentável.

Senhoras e senhores,

Hoje, se configura numa oportunidade única de integração entre os órgãos do Judiciário de nosso Estado e a Universidade Federal do Maranhão. Contudo, cabe frisar que a ECO LIGA está aberta à adesão qualquer órgão público ou organização que se interessar em fazer parte desse esforço coletivo em prol de um Maranhão mais comprometido com o socioambiental.

Cada um dos presentes pode trazer a sua contribuição ao debate que aqui se instalará, em busca de conclusões inteligentes que venham a inquietar nossas mentes na busca de novos caminhos sustentáveis. Estaremos unidos pelo espírito de fraternidade e da prevenção, pensando como o poeta Thiago de Mello:

Ganhei sofrendo a certeza
de que o mundo não é só meu.
Mais que viver, o que importa
(antes que a vida apodreça)
é trabalhar na mudança
do que é preciso mudar.

Obrigado.

 

Últimas notícias postadas

Recentes