Prática Governança Colaborativa com Representatividade Efetiva é auditada por consultores do prêmio Innovare 2019

Atual fase do Prêmio é de visita dos consultores

Consultores credenciados pelo prêmio Innovare no MA para entrevistas dos responsáveis por práticas inscritas na edição 2019 estiveram na sede do TRE na tarde da terça, 04/06, para saber mais detalhes sobre a Governança Colaborativa com Representatividade Efetiva, desenvolvida desde o ano de 2014, cujos resultados vem se mostrando positivos.
Conversa sobre a prática ocorreu no gabinete da presidência do TRE

Consultores credenciados pelo prêmio Innovare no Maranhão para entrevistas dos responsáveis por práticas inscritas na edição 2019 estiveram na sede do Tribunal Regional Eleitoral na tarde desta terça, 4 de junho, para saber mais detalhes sobre a Governança Colaborativa com Representatividade Efetiva, desenvolvida desde o ano de 2014, cujos resultados vem se mostrando positivos.

Ao inscrever a prática, o TRE-MA buscou demonstrar como está lidando com questões relacionadas à gestão, tais como celeridade, desburocratização, sustentabilidade e transparência ao promover a escuta ativa de magistrados e servidores que antes não participavam das decisões acerca das políticas institucionais.

Vinicius Cesar Santos de Moraes, Indira Melo Mota Amorim e Jullyane Moraes Silva, do escritório Lara, Pontes e Nery foram recebidos pelo desembargador Cleones Cunha, presidente, diretor-geral André Mendes e coordenadora Karla Abdala (Planejamento, Estratégia e Gestão) que relataram detalhes sobre como a participação de magistrados, servidores representantes das associações de classe vem contribuindo para que a tomada de decisões seja a mais coerente com a realidade e tente conciliar os anseios e necessidades da maioria, uma vez que todos expõem preocupações e ideias para sanar os problemas do dia a dia, além de planejar ações futuras.

O desembargador Cleones Cunha observou que a prática de instituir Comitês voltados a debater assuntos relacionados a saúde, por exemplo, encontra soluções que ajudam a alta administração a tomar as medidas corretivas mais relevantes, gerando impacto positivo na qualidade de vida dos envolvidos, favorecendo a melhoria do clima organizacional.

Já André Mendes ressaltou que a representatividade contribui para a disseminação de informações, comprometimento dos envolvidos e ainda compreensão sobre o quanto é complexo para os gestores decidirem o que deve ficar de fora quando há algum corte no orçamento, realidade que tem sido cada vez mais frequente no atual cenário do país.

Karla Abdala abriu o endereço eletrônico www.tre-ma.jus.br / guias o TRE / Governança e Gestão, demonstrando que todas as informações sobre governança constam em um local único podendo ser acessadas por qualquer interessado, dando assim total transparência às medidas adotadas pelo TRE.

Sobre a prática Governança Colaborativa com Representatividade Efetiva

A prática consiste em importante mecanismo de colaboração e integração institucional, vez que permite a participação de vários atores no processo decisório do órgão. Independente da composição de cada colegiado na estrutura de governança, todos os integrantes têm direito a voto e manifestação. O voto dos integrantes tem o mesmo valor, seja ele magistrado, servidor, secretário ou representante das associações de classe.

Assim, estimulamos a participação, o sentimento de pertencimento, a inclusão de todas as áreas, de pessoas de todos os níveis e de qualquer setor da estrutura organizacional nas discussões dos assuntos mais relevantes e impactantes do órgão.

O primeiro convite para participação democrática ocorreu em junho de 2014 com foco nas eleições. De lá para cá, a prática evoluiu, amadurecendo a forma de lidar com as demandas apresentadas.

Os colegiados atuais são:

- Conselho Gestor;
- Comitê de Atenção Prioritária ao Primeiro Grau;
- Comitê Gestor Local de Gestão de Pessoas;
- Comitê Gestor Local de Atenção Integral à Saúde;
- Comitê de Apoio à Gestão Orçamentária e de Aquisições.

Para impulsionar o processo de escolha é promovida forte campanha institucional, que estimula a participação no processo, além de esclarecer a atuação de cada Conselho e Comitês, assim como a representatividade e os requisitos para a candidatura dos interessados.

Um sistema informatizado facilita a participação de servidores e magistrados lotados nas zonas eleitorais do interior do estado, contribuindo para a obtenção de maior representatividade e legitimidade. Assegura-se ainda, nos Comitês, a participação de magistrados e servidores indicados pelas respectivas associações de classe.

 

Últimas notícias postadas

Recentes