Alunos da rede pública são empossados no projeto Prefeito Criança de São Luís

A cerimônia, que foi presidida pelo desembargador Cleones Carvalho Cunha, presidente do TRE-MA, ocorreu no auditório Ernani Santos, da sede do Regional.

Diplomação dos alunos Vitor Cazuza e Lucas Silva como prefeito e vice do projeto Prefeito Criança 2019, promovido pela Secretaria de Educação da Prefeitura de São Luís. No registro, os eleitos com o presidente do TRE, desembargador Cleones Cunha, o prefeito Edivaldo Holanda Jr e o vereador Osmar Filho, presidente da Câmara Municipal.

O Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão realizou na tarde desta quinta, 17 de outubro, sessão solene para diplomação do prefeito e vice-prefeito criança de São Luís, edição 2019.

O projeto Prefeito Criança está em sua segunda edição e é uma iniciativa da Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Educação, que tem como principal objetivo despertar a consciência política e social das crianças e adolescentes da rede pública municipal, além de incentivá-las a conhecerem os trabalhos do Legislativo e Executivo.

O desembargador Cleones Cunha abriu a solenidade cumprimentando todos os educadores, parabenizando a iniciativa da Secretaria Municipal de Educação. Ressaltou a satisfação do Tribunal em participar desse projeto, pois para ele é fundamental que as crianças e adolescentes sejam participantes e tenham consciência do processo democrático. "Com esse projeto, as crianças de São Luís tem a oportunidade  de participarem ativamente da democracia que vivemos no país. Democracia esta, que a justiça eleitoral faz sobreviver quando promovem eleições puras, limpas e diploma os eleitos, assim como foi feito com vocês. Portanto, cuidem bem do mandato dos senhores", concluiu.

O prefeito Edivaldo Holanda agradeceu a parceria do TRE na continuidade desse projeto tão importante para a prefeitura de São Luís. Lembrou a importância da papel do prefeito e vice-prefeito criança já que irão tratar de política como um espaço transformador na vida das pessoas na sociedade.

Os alunos Victor Cazuza Silva e Lucas Silva, da Unidade de Educação Básica Ana Lúcia Chaves Fecury, foram eleitos prefeito e vice-prefeito criança, respectivamente, com o projeto "Lugar de Comida é no Prato, Não no Lixo!", que visa sensibilizar a comunidade escolar, por meio de açoes sócio-educativas, sobre a importância de se evitar o desperdício de alimentos, bem como desenvolver os 3Rs da sustentabilidade (Reduzir, Reutilizar e Reciclar).

Logo após a diplomação, o presidente da Câmara Municipal de São Luís, Osmar Filho deu posse ao prefeito e vice, que prestaram juramento diante da Corte Eleitoral assegurando cumprir a constituição do estado e a lei orgànica do município, observando as leis , promovendo o bem comum e exercendo o cargo, sob inspiração da democracia e da legalidade.

Eleição

Antes da diplomação, foi realizada a eleição do  2º turno do prefeito criança. Essa foi a penúltima etapa do projeto que se iniciou com a escolha da redação de 1 aluno de cada unidade escolar participante. Essas redações versavam sobre temas relacionados às necessidades da comunidade escolar, ação de impacto que gere benefícios à escola e/ou à comunidade do entorno.

Cinco candidatos a prefeito e vice apresentaram os projetos que foram avaliados por uma banca composta pelo juiz Bruno Araújo Duailibe Pinheiro (membro da Corte),  pelo professores Marcio Celeri (UFMA) e  José Fernando Rodrigues Bezerra (UEMA), Sahra Caroline Trinta ( IFMA), Eliane Pinheiro Silva e Eliana Maria Pereira ( SEMED) e a coordenadora de Educação Infantil do Mato Grosso do Sul, Mariana Aparecida Cordeiro Pinto.

A banca levou em consideração os seguintes critérios: objetividade, clareza na informação, oratória, tempo de apresentação, relevância das ações realizadas no projeto, apresentação e exequibilidade do objetivo e das ações na comunidade escolar e no entorno.

Participaram do 2º turno, defendendo os projetos educacionais as crianças candidatas das Unidades de Ensino Básico Menino Jesus de Praga, Maria Rocha, Maria José Vaz dos Santos, Galileu Clementino Ramos e Ana Lúcia Chaves Fecury.