Assembleia condecora presidentes do TRE e TJ e diretor do Fórum de São Luís com a Medalha do Mérito Legislativo

A Medalha do Mérito Legislativo Manuel Beckman foi instituída pelo Decreto Legislativo n.º 68/80, publicado no Diário Oficial de 12 de dezembro de 1980, que objetiva homenagear personalidades que tenham contribuído para o desenvolvimento cultural, científico, econômico, artístico ou social do Maranhão e do Brasil.

Desembargadores Raimundo Barros (E) e Cleones Carvalho Cunha (C) e o juiz Sebastião Joaquim Lima...
Desembargadores Raimundo Barros (E) e Cleones Carvalho Cunha (C) e o juiz Sebastião Joaquim Lima Bonfim (D)

Em sessão solene, o presidente do Tribunal Regional Eleitoral, desembargador Raimundo Barros, o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Cleones Carvalho Cunha, e o juiz Sebastião Joaquim Lima Bonfim, diretor do Fórum de São Luís, foram condecorados, na manhã desta terça-feira (28/11), com Medalha do Mérito Legislativo Manuel Beckman, a maior honraria do Poder Legislativo do Maranhão.

Ao proferir discurso durante a cerimônia realizada no plenário, o presidente em exercício da Assembleia Legislativa, deputado Othelino Neto (PCdoB), declarou que é uma honra entregar a Medalha do Mérito Legislativo a 3 ilustres magistrados em razão dos relevantes serviços prestados por eles ao Estado.

“É com imensa alegria que realizamos esta solenidade, neste dia histórico para esta Casa, homenageando estes três magistrados ilustres, numa homenagem que também se estende a todos os demais magistrados e a todo o Poder Judiciário do nosso estado”, salientou Othelino.

O deputado enalteceu o trabalho dos desembargadores Cleones Cunha e Raimundo Barros e do juiz Sebastião Bonfim, tornando-se merecedores da Medalha do Mérito Legislativo Manuel Beckman, instituída pelo Decreto Legislativo n.º 68/80, publicado no Diário Oficial de 12 de dezembro de 1980, e que objetiva homenagear personalidades que tenham contribuído para o desenvolvimento cultural, científico, econômico, artístico ou social do Maranhão e do Brasil.

Os deputados Rigo Teles (PV), Stênio Rezende (DEM) e Alexandre Almeida (PSD) proferiram os discursos de saudação aos homenageados durante a sessão solene, que contou com a presença de juízes, desembargadores e servidores dos judiciários eleitoral e estadual. Eles justificaram as homenagens como reconhecimento aos relevantes serviços prestados pelos três, especialmente a atuação profissional, ressaltando o histórico de formação jurídica e experiência de cada um deles.

Também participaram da cerimônia o procurador geral de Justiça em exercício, Francisco das Chagas; o presidente da Associação dos Magistrados, Ângelo Santos; o presidente da Federação dos Municípios (Famem), prefeito Cleomar Tema; o defensor público-geral do Estado, Werther de Moraes; o procurador geral do Estado, Rodrigo Maia, os secretários de Estado de Governo, Antônio Nunes, e da Casa Civil, Marcelo Tavares, além de diversas outras autoridades.

Ao final da sessão solene, falando em seu nome e em nome dos outros dois homenageados, o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Cleones Carvalho Cunha, ressaltou a importância histórica de Manuel Beckman, patrono da Assembleia Legislativa, e fez uma homenagem especial ao presidente da Casa, deputado Humberto Coutinho (PDT), que se encontra em tratamento de saúde na cidade de Caxias.

“Sentimo-nos gratificados, honrados, lisonjeados e felizes e agradecemos de forma humilde e penhoradamente esta homenagem, pelo que representa como distinção e apreço tanto a nós, quanto aos demais desembargadores e todos aqueles que fazem o Poder Judiciário em nosso estado”, ressaltou o desembargador Cleones Cunha.


Fonte: Agência Assembleia, com edição