Eleitores de Imperatriz e Açailândia serão recadastrados biometricamente

Os juízes eleitorais de Imperatriz e Açailândia, juntamente com os chefes de cartórios, se reuniram nesta terça-feira com o juiz auxiliar Sebastião Bonfim (presidência), o diretor Gustavo Campos (geral) e o secretário Wagner Sales (Tecnologia da Informação) para discutirem os preparativos para a revisão do eleitorado dos dois municípios pela biometria.

17/03/15. Reunião com os juízes de Açailândia acerca da biometria.

Os juízes eleitorais de Imperatriz e Açailândia, juntamente com os chefes de cartórios, se reuniram nesta terça-feira, 17 de março, com o juiz auxiliar Sebastião Bonfim (presidência), o diretor Gustavo Campos (geral) e o secretário Wagner Sales (Tecnologia da Informação) para discutirem os preparativos para a revisão do eleitorado dos dois municípios pela biometria.

A realização da biometria nesses municípios dependerá da parceria de lideranças políticas e da imprensa que prestarão apoio na mobilização dos eleitores. "O êxito deste recadastramento biométrico também dependerá do esforço do poder público local", acrescentou Bonfim.

Este ano, o Tribunal Superior Eleitoral estabeleceu como meta cadastrar 1 milhão e 600 mil eleitores a mais com dados biométricos para o pleito de 2016 no Maranhão. Para tanto, o TRE traçou cronograma de implantação nos municípios com os maiores colégios eleitorais.

De acordo com cronograma apresentado pelo secretário de Tecnologia da Informação, a ação em Imperatriz e Açailândia ocorrerá em duas etapas e levará 6 e 4 meses, respectivamente, entre o recadastramento  voluntário e a revisão obrigatória, com data de início dos trabalhos ainda a ser determinada pelo TRE-MA.

A notícia foi recebida com entusiasmo pelos magistrados e servidores das zonas, que se comprometeram a não medir esforços para a concretização do projeto.

Participaram da reunião os juízes eleitorais Delvan Tavares Oliveira (92ª ZE), Joaquim da Silva Filho (65ª ZE), Gladiston Luis Nascimento Cutrim (33ª ZE), Ângelo Antonio Alencar dos Santos (98ª ZE) e Manuella Viana dos Santos Faria Ribeiro (71ª ZE), além dos chefes de cartórios Jeferson Luz Silva (92ª ZE), Joaquim Tomás Marques Silva Júnior (65ª), José Conceição Sousa (33ª ZE), Anselmo Almeida Teixeira (98ª ZE) e Rikene Fontenele da Silva (71ª ZE).

Biometria

A identificação biométrica do eleitor assegura que uma pessoa não se passe por outra na hora de votar. Com a biometria, diminuem os riscos de fraudes nos procedimentos de votação e fica reduzido o tempo médio de espera do eleitor na fila.

Quinze cidades do Maranhão já passaram pelo procedimento biométrico. São elas: São Luís, São José de Ribamar, Barra do Corda, Jenipapo dos Vieiras,  Fernando Falcão, Raposa, Paço do Lumiar, Cajapió, São Vicente de Férrer, São João Batista, São Domingos do Azeitão, Timbiras, Pastos Bons, Nova Iorque e Benedito Leite.