Juventude nas eleições é tema de palestra do projeto Voto Jovem

A palestra ocorreu nesta quinta-feira, 26 de setembro, no Centro Educacional Benedito Leite

Palestra Voto Jovem na Escola CE Benedito Leite Escola Modelo - capa

O vice-presidente e corregedor regional eleitoral, desembargador Tyrone Silva, acompanhado do juiz Itaércio Silva, ex-membro desta Corte, e do diretor-geral, André Mendes, participaram nesta quinta-feira, 26 de setembro, de palestra sobre a juventude nas eleições. Essa foi mais uma ação do projeto Voto Jovem - edição 2019,  que teve inícioem agosto. Coberturado evento no perfil @tremaranhao do instagram e álbum de fotos disponível no Flickr TRE-MA.

Os alunos do ensino médio do Centro Educacional Benedito Leite, coordenados pelas professoras Edlene Vale Batalha e Cristina Nogueira Barreto, discutiram temas sobre o jovem enquanto eleitor e também sobre democracia, sistemas políticos, dentre outros.

Ao iniciar a sua fala, o desembargador Tyrone, coordenador do projeto, abordou o significado e a importância da eleição em um regime democrático e da escolha dos governantes e representantes do povo no parlamento a nível federal, estadual e municipal. Ressaltou a importância do voto no dia da eleição, considerando não só a relevância dele e sua necessidade, mas também as diversas opções de candidatos, de partidos e de ideologias.

Lembrou, ainda, a importância da participação dos jovens como fomentadores de novas idéias e de novos questionamentos, como estimuladores dos debates sobre políticas públicas. "É fundamental que os jovens acompanhem e avaliem o desempenho de cada candidato, notadamente durante o exercício de seu mandato ou durante as campanhas eleitorais", pontuou. Concluiu falando sobre o avanço do processo de votação e a segurança com a implantação da biometria.

O juiz Itaércio, por sua vez, discorreu sobre a evolução do processo eleitoral no Brasil,  destacando que com a promulgação da Constituição Federal de 1988, estabeleceu-se o alistamento eleitoral e o voto facultativo para os jovens de 16 e 17 anos.

O diretor-geral, André Mendes, finalizou dizendo que o poder está nas mãos dos jovens. "A geração de vocês é responsável pela transformação de um país, é responsável pela transformação de uma nação".