Juíza Lavínia Coelho é a nova diretora da Escola Judiciária Eleitoral do Maranhão

.

Juíza Lavínia Coelho

Na sessão administrativa da manhã desta quinta-feira, 14 de maio, a juíza Lavínia Coelho - indicada pelo desembargador Cleones Cunha (presidente) e aprovada por unanimidade dos membros da Corte, assumiu como nova diretora da Escola Judiciária Eleitoral do Regional. A magistrada assume no lugar do juiz federal Wellington Cláudio Pinho de Castro, cujo biênio como membro efetivo encerrou no dia 5 de abril.

Desde que foi fundada - em 2003, é a primeira vez que uma mulher assume a gestão da unidade e ainda a primeira em que não é ocupada por um juiz federal.

O desembargador Tyrone Silva, atual corregedor, que assume solenemente a presidência do TRE-MA na terça, dia 19 de maio, às 11h, parabenizou a juíza, colocando-se à disposição para, juntos, realizarem grandes feitos na EJE.

Lavínia Coelho agradeceu a oportunidade e a confiança dada pelos membros a ela para assumir a função de diretora da EJE, que terá o desafio de formar e aperfeiçoar os juízes de direito do Maranhão com apoio da Escola Judiciária Eleitoral do TSE em capacitações que tratam de registro, prestação de contas e propaganda, por exemplo.

“Nossa intenção é fazer com que 70% dos juízes eleitorais participem. Por isso, peço auxílio para que o período de curso no TRE seja considerado nas promoções do TJMA, porque tudo isso é um estímulo para trazer o juiz para dentro da Escola Eleitoral. Com relação aos servidores, queremos melhorar, tudo isso a custo quase zero, visto que usará plataforma online”, registrou a magistrada.

O desembargador Cleones afirmou que vai levar a proposição de mudança do regimento interno do TJ para o colegiado apreciar.

 

EJE

A EJE promove e realiza cursos e eventos de formação, atualização, aperfeiçoamento e especialização em temas de Direito Eleitoral destinados a magistrados, membros do Ministério Público, servidores da justiça eleitoral e outros operadores do direito.